Weby shortcut
Minibanner site
Youtubeplay

CaPPa - Trabalhos de Conclusão de Curso - TCCs (2019-1)

Atualizado em 15/08/19 16:38.

CaPPa - Trabalhos de Conclusão de Curso - TCCs (2019-1)

 

TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DEFENDIDOS EM 2019-1

 

Título: Retrato autobiográfico de uma bixa preta

Autora: Âmbar G. Moura

Orientadora: Ana Rita Vidica

Banca avaliadora: Benedito Ferreira e Lara Lima Satler

Resumo: Neste projeto experimental me propus a utilizar a fotografia para a criação de retratos que narrassem minha história de vida, através da comunicação do corpo, as questões sociais e de identidade que envolvem a arte drag. A partir de Boito (2011) e Bourriaud (2015) foi trabalhado o performático e o processual das imagens criadas, que culminaram na Exposição|Projeção: Bixa, Louca, Preta. Esta mesclou performance, desenhos e poesias, com o intuito de possibilitar uma relação do público com a minha subjetividade. Este “eu” é levado, portanto, ao outro, a fim de compreender o seu olhar, através da noção de espectador emancipado Rancière (2010), que estendem o trabalho para diferentes caminhos.

Palavras Chave: Fotografia. Performance. Autobiografia. Retrato

 

Título: Se ame em cinco minutos: um estudo de recepção sobre imagem corporal e discursos de autoaceitação no YouTube

Autora: Brunna Alves da Soledade Silva

Orientadora: Lara Lima Satler

Banca: Flávia Martins dos Santos e Beatriz de Almeida Prado

Resumo: Esta pesquisa é um estudo de recepção sobre imagem corporal e discursos de autoaceitação no YouTube que visa identificar como ocorre a produção de sentido em relação à estes discursos. Para tanto, busca compreender como as relações conturbadas com o corpo foram socialmente construídas ao longo dos anos. As metodologias utilizadas para esta investigação foram a pesquisa bibliográfica, o grupo de discussão e o modelo codificação/decodificação referentes aos estudos de recepção de Stuart Hall para a interpretação. Como resultado, observou-se que os vídeos apresentados promoveram uma reflexão a respeito da prisão em se que encontra o corpo feminino na contemporaneidade.

Palavras-chave: Corpo. Imagem corporal. Autoaceitação. YouTube. Recepção

 

Título do trabalho: A construção da marca Charles Adryel

Autor: Charles Adryel Mendonça de Oliveira

Orientador: Rafael Franco Coelho

Banca: Letícia Segurado Côrtes e Pedro Simon Gonçalves Araújo

Resumo: O presente trabalho aborda a análise de mercado da marca Charles Adryel em conjunto com o projeto de Sistema de Identidade Visual. O objetivo é construir nova identidade capaz de sintetizar os serviços oferecidos e a categoria profissional transmitindo confiança e profissionalismo. Com isso, a marca se torna poderosa ferramenta de penetração no mercado de design goianiense. O trabalho é construído levando em consideração princípios fundamentais de design, como cores, sinais, símbolos e tipografia. Em conjunto a isso permeia os princípios do marketing pessoal, brandinge aborda o perfil do empreendedor brasileiro de 2018, público-alvo da marca.  O processo criativo foi baseado nos conceitos de Alina Wheeler (2008) e Ellen Lupton que guiaram a concepção de novas ideias alinhadas com os parâmetros estabelecidos no briefing. O resultado é a construção de um novo sistema de identidade visual e seus respectivos pontos de contato como a papelaria institucional, site e manual de marca.

Palavras-chave: design, branding, identidade visual

Link para o Manual de Marca, produto do projeto:

https://issuu.com/charlesadryel/docs/manual_-_charles_adryel

Manual da marca em pdf

 

Título: Marvel - a marca de muitas histórias

Autora: Isabela de Freitas Souza

Orientadora: Karine do Prado Ferreira Gomes

Banca avaliadora: Alexandre Tadeu dos Santos e Lara Lima Satler

Resumo: Avengers: Endgame(2019) é considerado um filme de evento, uma obra estrelada por atores consagrados em Hollywood, com muitos efeitos especiais e orçamento de produção de milhões de dólares, cujo lançamento em si é considerado um evento importante e antecipado do ano. O objeto de estudo do presente trabalho é o Universo Cinemático da Marvel (UCM) que conta a história do time de super-heróis chamado de Vingadores. Para entender o UCM foi mapeada a história das produções da marca como um todo, bem como a dos personagens de super-heróis. O objetivo do trabalho é analisar os trailers do filme como uma ferramenta de divulgação com o maior potencial de provocar as expectativas do consumidor e entender como essas peças midiáticas, que operam entre a linguagem artística cinematográfica e a linguagem mercadológica da publicidade, se encaixam no projeto da marca Marvel em fragmentar sua narrativa transmidiática a fim de garantir longevidade ao UCM incentivando novas dinâmicas de consumo. As metodologias utilizadas para realização desses estudos são a pesquisas de cunho exploratório e qualitativo, tendo como base os estudos bibliográficos, além de teses, artigos, periódicos e sites. E o estudo de caso dos trailers, que por sua vez são conceituados dentro do contexto contemporâneo da cultura da convergência.

Palavras-chave: Filmes. Publicidade. Trailers. Super-heróis. Marvel. UCM

 

Título: SPOTIFY: A MARCA COMO EXTENSÃO DO USUÁRIO

Aluna: Nadja Felix Amui

Orientador: Pedro Simon

Banca: Fernanda Monteiro e João Lemos

Resumo: O presente trabalho busca compreender os processos de construção e consolidação da plataforma Spotify como marca, fazendo uso de recursos do marketing para se estabelecer.  Para isso, realiza-se uma pesquisa bibliográfica para apoio ao estudo de caso da marca.  Em análise, faz-se uso do marketing, da comunicação e do branding como sustentação de argumento. O trabalho apresenta autores como Philip Kotler, David Aaker, Henry Jenkins e Alice Tybout que a partir de seus estudos teóricos formam base de análise das ações realizadas pelo Spotify.

Palavras-chave: Marketing; Branding; Consumo em rede; Personalização; Spotify

 

Título: OSCAR BAIT - A LUCRATIVA ARTE DO ACADEMY AWARDS

Autor: Victor José de Melo Moraes

Orientador: Daniel Christino

Banca Examinadora: Lara Satler e Lisandro Nogueira

Resumo: O cinema é uma inquestionável forma de arte, ao longo do tempo incorporada como parte da indústria cultural. A produção em massa de filmes comerciais em Hollywood cresceu inspirada pelos movimentos de cinema europeu, porém, deu novo significado ao que se compreende por cinema, vinculando a arte ao produto de maneira intrínseca. O fortalecimento dessa indústria cinematográfica floresceu de tal forma que percebeu-se necessária a criação de uma premiação distinta que validasse não somente essa indústria, mas igualmente os profissionais que a ela se dedicavam. Nascia assim o Academy Awards, ou, como hoje é conhecida, a premiação do Oscar, a maior e mais importante premiação de cinema existente. Considerando o levantamento histórico tanto do cinema como arte, quanto, mais especificamente, seus desdobramentos em âmbito estadunidense, este trabalho concentra-se em análises fílmicas e pesquisa sobre o fenômeno verificado na indústria chamado Oscar Bait. Seria possível que como parte de sua evolução e desenvolvimento a indústria cinematográfica hollywoodiana tenha “aprendido” a fazer filmes direcionados a agradar o júri do Oscar, com o intuito de lucrar ainda mais com a publicidade “espontânea” que essa premiação irá acarretar? Ao analisar dois filmes distintos ganhadores do Oscar de Melhor Filme com o intervalo de 14 anos, serão verificadas as características técnicas de cada um e, posteriormente, será feita uma comparação entre tais dados e os sinais compreendidos como típicos de um filmeOscar Bait. Essa metodologia objetiva gerar material científico mais específico para estudos complementares sobre essa padronização das produções que almejam o Oscar. Tal fenômeno ainda é pouco estudado academicamente, sendo observado até então principalmente por críticos de cinema e membros da indústria cinematográfica e de entretenimento em geral.

Palavras-chave: cinema. Oscar. Academy Awards. Oscar Bait